Seja bem-vindo. 21 de abril de 2024 03:20
Previous slide
Next slide
Previous slide
Next slide

Abusador usava doces e cestas básicas para atrair e estuprar crianças

Preso em flagrante era conhecido por doar alimentos a famílias e disse ter perdido as contas de quantas crianças abusou, segundo a polícia

Policiais da 8ª Delegacia de Polícia (Estrutural) prenderam, nesta terça-feira (20/2), Cleiton Barroso da Silva (foto em destaque), 45 anos, por estupro de vulnerável. Ele acabou tentou estuprar uma menina de 4 anos e se aproveitou da confiança dos pais da criança para praticar o crime, segundo as apurações.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) detalhou que Cleiton havia levado a família da menina para lanchar em uma hamburgueria, na Cidade Estrutural, na última sexta-feira (16/2). Após o encontro, dirigiu-se com a criança a uma quadra esportiva, onde praticou os abusos, de acordo com os investigadores.

A corporação detalhou que Cleiton era conhecido no bairro Santa Luzia, onde a família da criança morava, por doar alimentos e doces a pessoas em situação de vulnerabilidade.

No dia do crime, algumas testemunhas perceberam que ele passava a mão nas partes íntimas da criança e chamaram a mãe da menina. No momento do crime, Cleiton foi flagrado com a menina no colo e com as mãos dentro da calcinha dela, segundo a PCDF.

A mãe da criança esteve na delegacia para registrar ocorrência, e os policiais conseguiram localizar o acusado. Cleiton foi preso na rua, perto da casa onde morava, no momento em que guardava uma bolsa dentro de um carro para fugir.

Dentro do veículo, os policiais encontraram peças de roupas íntimas infantis, uma mala com objetos pessoais e comida.

Cleiton admitiu o crime e disse ter perdido as contas de quantas crianças abusou, segundo a PCDF. Ele cumpria pena em prisão domiciliar e tinha antecedentes criminais por estupro de vulnerável.

O abusador acabou preso em flagrante e permanece à disposição da Justiça. Se condenado, pode receber pena de até 15 anos de prisão.